03/09/2012

Há coisas na vida, pequenos momentos ou locais que nos renovam a alma, nos acalmam, nos fazem sentir em paz.
Para mim não há coisa mais saudável do que ouvir o sorriso/gargalhada de uma criança.
Quando  acontece é tão sincero. Uma criança não sorri por sorrir, não finge. Se está infeliz vai dizê-lo, se não gosta fala, e se é feliz dá as gargalhadas e os sorrisos mais bonitos do mundo.
Faz-me bem à alma ouvir uma criança feliz dar gargalhadas, por vezes gargalhadas vindas do nada.
Não deveriamos ser mais assim? Aprender algo com elas?

4 comentários:

Inês de Sousa disse...

Concordo.
As gargalhadas dos mais novos são tão genuínas que contagiam qualquer um. Todos nós deveríamos rir assim.

Camila disse...

Nós também já fomos assim. Depois crescemos *

Jovem $0nhador@ disse...

Também acho que é a melhor coisa do mundo, a mais sincera! Por vezes também somos assim, é pena não ser sempre!

Rita disse...

Até porque as crianças são do melhor que temos na vida :D