20/03/2012

Triste fado

As notícias que se ouvem diariamente não são mais que verídicas. Há cada vez mais universitários sem condições monetárias para acabar o curso. É o triste fado da despedida.
Isto está mesmo a chegar a todos, confesso que hoje perdi o sono a pensar em algumas contas e em toda a situação actual.
Quando diziam que íamos todos "levar por tabela" estavam mesmo a falar a sério. Tenho pena de quem não pode acabar um curso por falta de dinheiro e tenho muito medo que isso me bata à porta.
Só me resta ter esperanças que um dia tudo melhore.

3 comentários:

Rita disse...

Felizmente não estou nessa situação. Curso já tenho, mestrado está quase, e em principio vai haver dinheiro para o acabar, mas sei que depois a situação vai ser má. Muito má.. e possivelmente vou ter de deixar muita coisa para trás.

Camila disse...

Sim é triste algumas pessoas terem de deixar de estudar por não terem dinheiro para continuarem os estudos, quando muitas vezes têm muito boas capacidades para acabar o curso. No entanto, a culpa não é toda da crise, em Portugal dão-se bolsas a pessoas que nao precisam delas e que nem sequer têm direito às mesmas. Conheço várias situações de pessoas que usam o dinheiro da bolsa para irem para a noite,ou para comprarem roupa nova.. como vês não se pode culpabilizar a crise por tudo, pois nestes casos, se houvesse uma melhor gestão e mais atenção a quem atribuem as bolsas não havia tanta gente a precisar e sem ter..

*C*inderela disse...

infelizmente é o país que temos, é revoltante. e as bolsas são muito mal distrubuidas ...